-

Pets na viagem de ônibus: eles também podem ser welovers

Eles deixaram de viver no pátio e invadiram a nossa casa e o nosso coração. O amor pelos pets é tanto que já são considerados membros da família, recebendo cuidados especiais de seus donos.

E por onde vamos queremos levar nossos bichinhos junto, não é mesmo?
Muitos negócios se reinventaram para receber os animaizinhos, e as leis foram se adaptando para acompanhar essa mudança e garantir que todos possam conviver harmoniosamente.

Confira, neste texto, como começou essa relação de amor entre humanos e animais e como você pode viajar com seu pet nos nossos ônibus.

 

Você Sabia?

 

A proximidade entre homens e animais não é de hoje. Segundo registros da história, essa relação começou com a parceria entre matilhas e grupos de humanos caçadores. Podemos dizer que era uma relação de troca. Com os humanos, os lobos sentiam proteção e ganhavam comida mais facilmente. Enquanto isso, homens e mulheres aproveitavam-se deles para auxiliar na caça.

Já os egípcios (3.000 a.C.), quando começaram a estocar alimentos e viram nos ratos uma ameaça aos seus estoques, aproveitaram-se dos gatinhos para caçar e afugentar os roedores.

Mas eles deixaram de ser simples parceiros de caça ou controle de pestes pra ocupar um lugar no nosso coração, e as evidências mostram isso.

 

Os câes

 

A primeira evidência dessa relação amistosa entre nós e os pets foi encontrada onde hoje é Israel e recorre à 10.000 a.C. Lá, foi encontrada a ossada de um cãozinho encolhido nos braços de um humano.

Dando um salto no tempo, lembramos do Imperador chinês Ling Ti (168-190 d.C.), que amava tanto seus cães que lhes concedeu o posto de oficiais da guarda imperial. Essa honraria permitia que os doguinhos se alimentassem em banquetes e dormissem em tapetes orientais.

Aqui foi o marco da mudança na relação, onde os pets deixaram de ser simples parceiros de caça para dar lugar aos laços afetivos.

 

Os gatos

 

Os gatos também fazem parte dessa história. A primeira evidência sugere que tenham sido domesticados na ilha de Chipre, no mar Mediterrâneo, 7.500 a.C., local onde foi encontrado um felino semelhante a um gato selvagem africano enterrado com um humano.

E sabe aquela imagem clássica do gato perseguindo o rato, tão retratada em desenhos e filmes? Pois ela é fato. Pinturas ancestrais egípcias de 3.000 a.C. registram a domesticação dos gatíneos, que passaram a conviver com os humanos para caçar os ratos que ameaçavam seus estoques de grãos.

 

Por onde for, quero ser seu par!

 

Eles já são aceitos em alguns comércios, restaurantes, shoppings e até mesmo no trabalho. Ganharam até sessão de cinema. E sim, podem viajar de ônibus também. Muitas empresas já aderiram ao selo “Pet friendly”, mas seus tutores precisam seguir regras para garantir a segurança tanto dos animaizinhos quanto das pessoas.

É claro que a wemobi não ficaria de fora. Por isso, confira de que maneira levar seu pet pra viajar junto com você!

 

Na wemobi, você pode viajar com o seu cão e gato

 

Os bichinhos de estimação são mais que bem-vindos nos nossos ônibus, mas para transportá-los com toda a segurança, atente-se às regras e leis de transporte de animais.

Segundo a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), pode ser feito o transporte de gatos e cachorros de pequeno porte, dentro da caixa de transporte e não ferozes.

 

Quem é pequeno porte e qual caixa usar

 

Por enquanto, só é permitido o transporte de gatos e cachorros de pequeno porte, de qualquer raça, não ferozes e dentro da devida caixa de transporte.

Como saber? O peso total entre o animal e a caixa não deve exceder 8Kg.

Sobre a caixa de transporte, deve ser de acrílico ou material similar, medir até 41 x 36 x 33cm (comprimento, largura e altura), à prova de vazamentos, ou em bolsa de transporte própria para viagens. A caixa deverá ficar abaixo do seu assento, mas olha que legal: se você e o seu pet preferirem viajar lado a lado, você pode comprar o assento ao lado do seu e transportá-lo na poltrona, devidamente acomodado em sua caixa de transporte.

 

Vacinas e documentações obrigatórias para viajar com animais de estimação

 

Fique atento às documentações obrigatórias para o embarque do seu bichinho, que você deverá providenciar com antecedência:

- Atestado Sanitário para o Trânsito de Cães e Gatos, fornecido por médico veterinário e emitido em até dez (10) dias antes da viagem;
- Carteira de vacina atualizada, inclusive a vacina antirrábica.

Como o seu cachorro ou gato será levado na caixa transportadora, recomendamos deixar uma peça de roupa sua dentro dela por alguns dias, assim, seu pet vai reconhecer seu cheiro e se sentir mais à vontade e mais familiarizado com a caixa transportadora na hora da viagem.

Se você quiser mais informações, confira nossa página sobre transporte de animais no ônibus. Aguardamos você e o seu pet nas nossas próximas viagens. 🐶🐱

 

Gostou das nossas dicas? Fique ligado em nossos conteúdos e conte com a gente para suas viagens seguras e confortáveis.

Partiu viajar com seu bichinho?

Conheça destinos incríveis com a gente, sem abrir mão da companhia do seu melhor amigo.

Passageiros

Passageiro

maior que 5 anos

Criança

ocupando assento até 5 anos

Criança

sem ocupar assento até 5 anos

!

Número de crianças excede o número de passageiro(s)!

!

Limite de passageiro excedido!

!